serviços galerias parcerias

 


FLEBOLOGIA

VARIZES

ÚLCERAS VARICOSAS

MICROFLEBECTOMIA AMBULATÓRIA

ESCLEROSE DE VARIZES

CIRURGIA VASCULAR CONVENCIONAL

LASER VASCULAR

TERAPÊUTICA FOTODINÂMICA DE VARIZES

PRESSOTERAPIA VENO-LINFÁTICA INTERMITENTE  

BOTA DE UNNA


MEDICINA ESTÉTICA


PREENCHIMENTO DE RUGAS E SULCOS

TRATAMENTO DE MANCHAS HIPERCRÓMICAS

BOTOX PARA O ENVELHECIMENTO FACIAL

AUMENTO DE VOLUME DE LÁBIOS

TRATAMENTO DA COUPEROSE COM LASER

BOTOX PARA HIPERHIDROSE AXILAR

DEPILAÇÃO MÉDICA COM LASER

MESOTERAPIA PARA CELULITE


NUTRIÇÃO CLÍNICA
E OBESIDADE


NUTRIÇÃO CLINICA

OBESIDADE




SABER MAIS / OBESIDADE

 



 
 

Já considerada a “epidemia” do século XXI”,  esta doença atinge hoje já mais de metade da população adulta. Estudos recentes mostraram que cerca de 30% das nossas crianças também já apresentam peso excessivo ou obesidade,, o que irá fazer delas adultos obesos.
Cientificamente irrefutável, já se não duvida da associação da obesidade com o aparecimento de diabetes de tipo 2 (a mais frequente), hipertensão arterial, elevação das taxas das gorduras sanguíneas (colesterol, triglicerídeos), doenças osteo-articulares degenerativas (artroses, discopatias lombares e dorsais, osteoporose) e inflamatórias (artrite reumatóide, p.ex.)  e acima de tudo, a um muito maior risco de doenças cérebro-vasculares (“tromboses” e “derrames” cerebrais), e cárdio-vasculares  (“angina de peito” e enfartes do miocárdio). Está também totalmente estabelecida a íntima relação entre obesidade e o maior risco de doenças oncológicas (tumores) da mama, útero, cólon e da próstata.

   

Por todas estas razões, não poderemos considerar o tratamento da obesidade como primeiramente de ordem médico-estética, mas o benefício estético estará presente em todo o obeso que emagreça, daí resultando também evidentes resultados de ordem psicológica, com a recuperação da auto-estima e amor-próprio que advêm da melhoria da auto-confiança do obeso.O Instituto Ibérico de Medicina Estética apresenta uma longa experiência no tratamento de milhares de pacientes obesos, através de um método absolutamente inovador.
Inovador porque, em primeiro lugar, orientamos os nossos doentes através de um regime alimentar que tem com regra número um  não ser permitido passar fome.
Em segundo lugar, porque partindo das investigações de Robert  Atkins, Montignac e Arthur Aghatston, elaborámos um regime alimentar sem restrições das quantidades de comida a ingerir, e com uma diminuição da ingestão de hidratos de carbono, a ser efectuada em três fases distintas, que se vão sucedendo à medida que vai reduzindo o seu excesso de gordura corporal.
Em terceiro lugar, porque adaptámos este regime alimentar às tradições da nossa gastronomia e aos nossos gostos e aromas preferidos, pelo que mantemos os benefícios da consagrada “Dieta Mediterrânica”.
Em quarto lugar, porque previlegiámos a sua saúde, e para além de um estudo clínico e laboratorial adequado, vigiamos e controlamos a perda de peso de forma a que esta atinja sobretudo a sua gordura em excesso.
Não há lugar a uma perda expressiva de massa muscular, ou a uma redução de peso provocada por uma indesejável espoliação da água corporal, que muito embora levassem a uma maior perda de peso corporal, não podem ser confundidos com o verdadeiro emagrecimento (redução da gordura corporal). Isto é, ao finalizar o seu tratamento da obesidade não se irá apresentar flácida, desidatrada, pálida ou com aspecto frágil e doentio.

 

A Impedânciometria informa toda a composição corporal
Massa Magra + Gordura + Água
A balança informa o Peso Corporal Total

Tudo isto é hoje possível porque nos auxiliamos com a realização da Análise da Composição Corporal por Impedânciometria, método de estudo e controle de que fomos um dos pioneiros no nosso País.
Este exame, realizado no decorrer da nossa consulta, fornece-nos, entre outros, as seguintes informações da estrutura corporal:
Peso e percentagem da gordura no corpo
Peso e percentagem da água no corpo
Peso e percentagem da água na massa magra
Peso e percentagem da massa magra no corpo
Metabolismo Basal (consumo calórico do organismo, em repouso, em cada 24 horas)
Peso e percentagem ideal de gordura corporal (em função da idade e do sexo)
Peso mínimo desejável de água e massa magra, em função da idade e sexo
Excesso de gordura (peso a perder na massa gorda)
Considerando que grande parte dos doentes obesos podem apresentar alterações dos seus hábitos alimentares que contribuem para o seu problema, por razões de carácter psicológico (“stress”, ansiedade, “surmenage”, etc), é feita uma avaliação do doente de forma a se determinar da eventual necessidade de ajuda medicamentosa ou psicológica.

     
     

VER PALESTRA SOBRE OBESIDADE
 

 



INSTITUTO IBÉRICO DE MEDICINA ESTÉTICA | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
WEB SITE POR: IMAGEM-GLOBAL